Veladas Marcas

Por Rosane Cordeiro

 

Fui  tatuada em teus braços.

Naveguei em teus carinhos.

E me perdi em teus costumes.

Naufraguei em teus ciúmes.

E feridas foram abertas.

Cicatrizes secaram.

Não te quero tatuagem.

Tatuagens disfarçam marcas,

Mas sentimentos são imunes.

Amenizam-se dores físicas,

E velam-se as psicológicas.

Mas não há disfarces na alma.

 

Florianópolis, 01 de setembro de 2015.

Leave a Comment

Filed under Irmãs Talentosas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *